Quantas cápsulas de ômega 3 devo tomar por dia?

Você já deve conhecer ou ter ouvido falar por aí sobre o suplemento omega 3. Se não, deixa eu te contar o que de fato ele é. O ômega 3 é uma gordura poli-insaturada muito benéfica para o organismo. Ele está relacionado à proteção da saúde do coração e também do desempenho cerebral e conta com três tipos de ácidos graxos essenciais que são: ALA, EPA e DHA.

Apesar de super importantes, o organismo sozinho é incapaz de produzir esses ácidos e quando não o consumimos através da alimentação, podemos sofrer graves consequências. É por isso que temos aos montes no mercado de suplementos alimentares o famoso ômega 3. Mas você sabe como consumir de forma correta esse suplemento? Sabe seus benefícios?

Ad

Se deseja começar a suplementar o ômega 3 e não sabe quantas cápsulas tomar ou se deve ou não tomar você veio ao lugar certo. Criamos este pequeno guia para instruir e esclarecer algumas dúvidas frequentes sobre o consumo do ômega 3. Leia com atenção!

A quantidade de ômega 3 que consumo através da alimentação é suficiente?

A resposta para essa pergunta vai depender muito da sua dieta. Segundo a Organização das Nações Unidas para a alimentação e agricultura, o recomendado é ingerir cerca de 200 gramas de peixe por semana, que equivale a 250 mg de EPA e DHA. Isso significa duas refeições com peixe por semana. 

Se você possui bons hábitos alimentares e consome peixe por pelo menos 2 dias da semana você consegue sim somente com a alimentação um bom nível de ômega 3. Caso você seja vegano, existem algumas algas que também contém os 3 ácidos graxos. Substitua o peixe pela alga. 

Principais alimentos que contêm ômega 3 

As principais fontes de ômega 3 ALA são óleos vegetais (soja, canola, linhaça), nozes, sementes de chia e linhaça. E do DHA e EPA são os peixes de água fria (pescados, atum, sardinha, salmão e arenque). Os peixes de água fria têm tendência de acumular maior quantidade de gordura monoinsaturada e poliinsaturada, principalmente o ômega 3.

A quantidade de DHA e EPA nos peixes pode variar de acordo com a alimentação e a região onde esses peixes estão localizados. Entretanto, para que tenha a preservação do ômega 3 nas preparações quentes, é necessário que o modo de preparo seja cozido, refogado, grelhado ou assado, mas nunca frito

Quer prevenir ou tratar doenças?

Entre as funções mais importantes do ômega 3 estão a prevenção e tratamento de doenças. Vou te contar um pouco mais sobre os benefícios do ômega 3 para a saúde. Veja:

  • Favorece o coração:
    A função do ômega 3 no coração é  regular as atividades das plaquetas do sangue evitando arritmias cardíacas e também que se formem coágulos, que é o que induz o AVC e o infarto. Ele também ajuda a diminuir os níveis de triglicerídeos.

  • Reduz o colesterol:
    Outra função dos ácidos graxos é modificar a composição química do nosso sangue. Isso faz com que os níveis de colesterol bom aumente e o colesterol ruim diminua. 

  • Regula a pressão:
    Quem sofre com pressão alta pode e deve se beneficiar dos resultados do ômega 3 com relação à pressão arterial. Ele evita a formação de placas de gordura nas paredes das artérias. Esse processo evita a incidência de doenças do coração. 

  • Favorece a visão:
    O ômega 3 também é muito benéfico na realização de tarefas simples como por exemplo enxergar. Ele participa do recobrimento da retina, que é a parte dos olhos responsável pelo ato de ver. 
     

Ad

  • Favorece o cérebro: 
    Um dos principais benefícios do ômega 3 está relacionado ao desempenho cognitivo. Ele auxilia nas atividades cerebrais e na comunicação entre as células presentes no cérebro. 

  • Combate a depressão
    Ingerir ômega 3 ajuda na fluidez das membranas que cobrem as células nervosas. Isso aumenta a produção de neurotransmissores da felicidade, do bom humor e do bem-estar.
     
  • Alivia os sintomas da artrite reumatoide
    Um grupo de pessoas que pode se beneficiar muito dos resultados do ômega 3 são as que sofrem com artrite, pois ele alivia os sintomas da doenças graças a sua ação antiinflamatória. 

  • Diminui a incidência de diabetes: 
    Consumir ômega 3 reduz a incidência do desenvolvimento de diabetes tipo 2 segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Valência. 

  • Combate a obesidade: 
    Para quem não sabe, a obesidade é uma inflamação e como já mencionado o ômega 3 possui ações que combatem as inflamações, logo pessoas com obesidade também são beneficiadas pelo suplemento.

Como e quando tomar suplementos de ômega 3?

Não basta apenas consumir o ômega 3. É importante consumir de forma correta! O indicado pela maioria dos profissionais é que as cápsulas sejam intercaladas com refeições como por exemplo almoço e janta ou cerca de quatro horas antes ou depois de realizar alguma atividade física. 

Isso varia de organismo para organismo. A quantidade ingerida também vai depender de alguns fatores. Uma dica é combinar o consumo do ômega 3 com a vitamina E. Isso faz com que os ácidos graxos demorem um período de tempo maior para oxidar, que é o processo que faz com que eles percam suas propriedades. 

Quantas cápsulas de ômega 3 devo tomar por dia?

Como já mencionado, a dose diária não é igual para todo mundo. Fatores podem determinar a quantidade diária ideal para certos grupos de pessoas. Bebês de 0 a 12 meses, por exemplo, devem consumir cerca de 500 mg enquanto crianças de 1 até 3 anos necessitam de 700 mg do ácido graxo. Já para crianças de 4 a 13 anos o número pode variar de 900 mg até 1200 mg.

Homens e mulheres adultos ou idosos devem consumir entre 1100 a 1600. Mulheres grávidas e lactantes devem consumir cerca de 1400 mg de ômega 3 diariamente. Vale ressaltar que nos suplementos, o ômega 3 pode variar de quantidade entre as cápsulas, por isso pode ser necessário consumir de 1 até 4 cápsulas por dia. 

Quanto tempo demora o ômega 3 a agir?

Quando consumido em doses mais altas, a quantidade ideal de ômega 3 no sangue pode ser alcançada em cerca de um mês de uso. Mas para que outros órgãos como por exemplo o coração, o cérebro e fígado atinjam um bom nível de equilíbrio da substância são necessários cerca de 3 meses ou mais.

Ad

Resumo

Neste artigo você descobriu absolutamente tudo o que precisava saber antes de começar a suplementar o ômega 3. Nós já sabemos que suplementos são como medicamentos e necessitam de uma forma correta para serem consumidos, por isso criamos este artigo explicativo com muito carinho.

Se puder retribuir compartilhando nosso material nas redes sociais, seremos muito gratos. Obrigado por ler o texto até o final e em breve voltaremos com mais informações e dicas de suplementos para você. Até mais! 

SOBRE A AUTORA

Maria Helena Nunes

É produtora de conteúdos sobre o nicho fitness. Começou cedo sua rotina de exercícios físicos e mesmo com sua pouca idade, já possui uma bagagem de conhecimento a respeito do mercado de suplementos, emagrecimento e ganho de massa muscular. Preocupadíssima com sua qualidade de vida, saúde e um corpo belo, Maria leva uma vida saudável e disciplinada para alcançar seus objetivos não só estéticos mas saudáveis. Além disso, ainda auxiliou em pesquisas e na criação de alguns ebooks sobre dietas e emagrecimento saudável. Segundo ela, dietas malucas estão descartadas de sua vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}