Whey protein engorda ou emagrece ?

O whey protein é um suplemento alimentar muito popular entre atletas e praticantes de atividade física. O whey protein é o soro do leite obtido na produção de queijo em indústrias ou laboratórios.

 O whey protein é capaz contribuir com uma série de benefícios para o organismo, como ganho de massa muscular , redução de massa gorda, melhora do sistema imune e antioxidante. Em relação a treinos, o whey protein contribui com a energia e nutrientes necessários para melhor desempenho.

Ad

whey engorda no pós treino pós treino

O uso do whey protein é capaz de auxiliar no emagrecimento, mas whey protein engorda tambem. Isso porque o whey protein apresenta um valor calórico e tomando whey em excesso, sem o estímulo do treino, pode resultar em acréscimo de calorias além das necessidades e engordar.       

 Esses resultados dependem de como o  whey protein é consumido. Neste artigo iremos explicar se o whey protein engorda ou emagrece.

Antes de responder se whey protein engorda, precisamos entender como acontece o processo de ganho de peso, especialmente de tecido adiposo.

O funcionamento de nosso corpo depende da energia obtida a partir da alimentação, conhecida como calorias. Os nutrientes que fornecem essas calorias a partir dos alimentos são:  Proteínas ; Carboidratos e Gorduras.

Cada grama de carboidrato ou de proteína equivale a 4 kcal, enquanto cada grama de gordura equivale a 9kcal.

whey engorda no pré treino

A necessidade de calorias depende de uma série de fatores, como sexo biológico, idade, peso, altura e nível de atividade física. Quando ocorre a prática de atividade física, normalmente o corpo demanda de mais energia – ou seja, mais calorias.

Cada indivíduo possui uma necessidade média de calorias que precisa consumir ao longo do dia. Quando ocorre excesso dessas calorias,  o whey protein engorda, já quando ocorre o déficit, o corpo perde peso.

O whey protein é capaz de variar em sua composição de energia e nutrientes dependendo do tipo: whey protein hidrolisado, whey protein isolado ou whey protein concentrado. Mas em média, a composição de 100g do whey  concentrado costuma apresentar 414kcal, 80g de proteína, 7g de gordura e 8g de carboidratos.

Pessoas que tem o objetivo de ganhar massa muscular, podem usufruir do valor nutricional do whey protein ao adicioná-lo em sua dieta.

Se o valor nutricional do whey protein não for considerado no planejamento da dieta que você consome ao longo de todo o dia, ele pode contribuir com o excesso de calorias não intencional e aí o whey protein engorda e ainda pode não ser efetivo com os resultados que se busca.

Quando consumo o suplemento, parece que o whey protein engorda, qual a razão ?

Nosso corpo é composto por massa muscular, massa óssea, massa gorda e fluidos corporais. A medida do peso corporal na balança não reflete a composição corporal.

 whey protein engorda

Para exemplificar, certo valor de massa muscular pode ser equivalente ao valor de massa gorda, no entanto a quantidade difere, porque a massa muscular é mais compacta, enquanto a massa gorda é mais densa.

As atividades metabólicas desses tecidos também são diferentes.

Então é necessária uma avaliação de composição corporal para afirmar que o ganho de peso é ganho de massa muscular , tecido adiposo ou mesmo retenção hídrica.

Pode não estar a engordar, mas sim a ganhar massa muscular  

As proteínas do whey protein são formadas por moléculas de aminoácidos que precisamos consumir através da dieta, os aminoácidos essenciais.

O whey protein apresenta elevadas concentrações dos aminoácidos triptofano, cisteína, leucina, isoleucina e lisina. Além disso, as proteínas do whey protein são bem digeridas e facilmente absorvidas pelo organismo.

Esse perfil estimula a síntese de proteínas no sangue e no tecido muscular, contribuindo para a reparação e construção após estresse produzido pelo exercício físico de moderada ou alta intensidade.

O consumo de whey protein aliado ao exercício físico e dieta equilibrada podem levar ao aumento de peso, pelo facto de ganhar massa muscular.

whey protein engorda

Tomar whey protein engorda, se não treinar ?

Se a alimentação já contempla as necessidades diárias de calorias e nutrientes, o consumo pode ser um excesso e aí tomar whey protein engorda. Por isso é preciso avaliar o quanto a dieta contempla as necessidades nutricionais individuais e se há necessidade real de suplementar.

O whey protein está relacionado a alguns benefícios até mesmo para quem não pratica exercícios físicos, tais como melhora da sensibilidade à insulina, aumento da densidade óssea em mulheres saudáveis, maior capacidade de saciedade e em alguns casos redução de gordura corporal.

Posso emagrecer com whey protein?

whey protein engorda

Existem muitas estratégias dietéticas e treinos possíveis para se alcançar um emagrecimento saudável. Basicamente, um treino que estimula maior gasto energético aliado a uma dieta reduzida em calorias leva ao emagrecimento.

O whey protein é capaz de ser um suplemento útil no planejamento da dieta hipocalórica por ofertar valor adequado ou aumentado de proteínas, com baixo ou ausente teor de gordura e carboidratos. Esse perfil do suplemento já foi associado a excelentes resultados sobre a redução de gordura corporal e por isso pode contribuir para emagrecer.

Ad

Quanto mais massa muscular, menos gordura!

O tecido muscular e o tecido adiposo são diferentes metabolicamente.

O tecido muscular queima mais calorias para realizar atividades metabólicas, isso quer dizer que quanto mais massa muscular, mais energia será mobilizada para realizar atividades, tanto do cotidiano quanto de treinos moderados ou mais intensos.

Conforme prescrição e intensidade do treino, o estímulo pode levar a mobilização de gorduras para se obter energia para o desempenho das atividades e por consequência, menos gordura.

whey protein engorda

Controla o apetite

Alguns estudos sugerem efeitos do whey protein sobre hormônios relacionados a controle do apetite, indicando que o suplemento pode contribuir para maior saciedade e levar a redução do consumo de calorias.

Fonte de BCAA

O BCAA constitui-se de três aminoácidos leucina, isoleucina e valina, que são aminoácidos essenciais principalmente encontrados em fontes proteicas de origem animal.

O whey protein possui o BCAA em sua composição, além de outros aminoácidos essenciais.

O BCAA é relacionado a efeitos positivos ao prevenir a fadiga e perda muscular, ao poupar glicogênio – importante reserva energética - ao promover melhora do sistema imunológico e contribuir para hipertrofia muscular


Acelera a queima de gordura

A contribuição do whey protein na queima de gordura se relaciona com uma série de benefícios sobre a resposta hormonal e funcional do organismo.

A oferta dos aminoácidos e estímulo à síntese de fibras musculares é importante para o anabolismo. A consequência deste aumento da musculatura é também aumento da queima de gordura – isto é, aumento do metabolismo.

tomar whey protein pode engordar

Consuma com inteligência

Para adequação da composição corporal e melhora da performance esportiva, uma alimentação equilibrada e variada é essencial. No entanto nem sempre é possível alcançar esse objetivo plenamente através das refeições. Para atletas que tem sua necessidade aumentada ou indivíduos com particularidades que dificultam o consumo de todas as refeições, os suplementos alimentares são importantes aliados para oferta de nutrientes.

A prescrição deve ser feita preferencialmente por nutricionista, que é o profissional habilitado para avaliar a adequação da dieta, definir período de utilização e rever necessidade de uso.  

Com avaliação e planejamento o consumo é feito com inteligência.

O contrário, leva a desperdício de recursos, poucos resultados e baixa efetividade.

tomar whey protein pode engordar

Algumas dicas para emagrecer e não engordar 

Simplificando, o emagrecimento é um processo resultante de treinos que aumentam o gasto energético aliado de dietas com menos calorias.

Porém outros detalhes são importantes para atingir esse resultado.

Aqui vão algumas dicas para emagrecer e não engordar.

Não pule refeições

O fracionamento da dieta é recomendado para garantir nutrientes e também estimular o metabolismo.

A orientação de comer de 3h em 3h nem sempre é a melhor porque não leva em consideração rotinas pessoais ou percepção de apetite e saciedade.

Uma boa forma de não pular refeições é adequar a orientação para realizar ao menos três refeições principais e inserir pequenos lanches nos intervalos, conforme sinais de fome.

tomar whey protein pode engordar

Consuma pelo menos 2L de água por dia

O consumo de água garante o bom funcionamento do organismo. Entre seus muitos benefícios, auxilia na eliminação de impurezas pelos rins, previne inchaços e garante o bom funcionamento do trânsito intestinal.

A recomendação geral costuma ser de pelo menos 2L de água por dia, mas essa quantidade pode variar entre pessoas com massa corporal, faixa etária e nível de atividade física diferentes.

Por isso é importante estar atento a perdas e necessidade de repor líquidos.

tomar whey protein pode engordar

Faça receitas mais saudáveis com Whey protein

A principal forma de consumo do whey protein é a sua diluição em água, o que garante maior digestibilidade e absorção.

No entanto inserir o whey protein em receitas é uma possibilidade de melhorar o teor proteico de algumas preparações e também variar o cardápio.

Facilmente são encontradas receitas de bolinhos, panquecas, cookies, entre outros, incluindo o whey protein. Apesar de acrescentar mais proteína, às vezes essas receitas acabam exagerando em açúcar e gorduras, então é importante olhar a receita como um todo, para então considerar inserir na alimentação.

Saiba escolher a melhor whey protein para emagrecer ou engordar

tomar whey protein pode engordar

Como vimos até aqui, o whey protein pode fazer parte de uma dieta hipocalórica, visando emagrecimento. Alguns tipos, como o isolado ou hidrolisado, apresentam menor teor de gordura e carboidratos, o que pode auxiliar nesse planejamento calórico. Eles serão interessantes para pessoas que apresentam alguma alergia a proteína do leite ou intolerância a lactose.

Vale lembrar que o whey protein concentrado também pode ser utilizado com o objetivo de emagrecimento.

 E no caso do ganho de peso, o whey protein pode ser acrescentado na alimentação diária em quantidades que favoreçam o aporte maior de calorias e proteínas. São boas opções neste caso a sua forma concentrada ou a sua combinação com outros suplementos.

Riscos ou contraindicações do uso de whey protein

whey protein no ganho de massa muscular

O consumo de suplementos alimentares sem orientação de nutricionista tem sido muito comum, entre o público atleta e não atleta. A falta de conhecimento ou de apoio de um profissional habilitado tem consequências além da baixa efetividade dos suplementos, mas também oferece riscos à saúde.

Apesar de efeitos adversos não serem comuns em pessoas saudáveis, o uso inadequado do whey protein pode levar a prejuízos no treino e nas funções orgânicas do corpo.

Em indivíduos que precisam restringir proteínas ou já apresentam algum problema de saúde renal ou hepático, o uso do whey protein sem orientação pode agravar complicações de saúde.

Ad

Resumo

O whey protein é um suplemento produzido a partir do soro do leite, rico em proteínas que são compostas por aminoácidos essenciais. A composição nutricional do whey protein favorece a síntese de proteínas no organismo, contribuindo para ganho de massa muscular , melhora do desempenho em treinos físicos, melhora a recuperação muscular e boa saúde.

Seu uso pode ser aplicado ao emagrecimento e ganho de massa, conforme planejamento da dieta e dos exercícios físicos diários.

Além do consumo do whey protein, outros aspectos da alimentação e da saúde precisam ser avaliados quando há intenção de emagrecimento saudável. Os profissionais da área de nutrição são habilitados para fazer a avaliação da necessidade e prescrever o uso de suplementos, visando o alcance dos melhores resultados.

SOBRE A AUTORA

Jessica Rasquim Araujo

Dra. Jessica Rasquim Araujo, nutricionista com especialização em Saúde da Família. Atualmente é mestranda do Programa de Pós Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}